"You were born an original. Don't die a copy!" - John Mason

domingo, 27 de junho de 2010

Os nomezinhos

Não percebo lá muito bem a moda dos nomezinhos. Faz-me espécie, sei lá.
Gostava de lhes dar um nome mas não encontro o correcto. Diminuitivos não são mas também não estou a ver mais nada que se aplique. De serem tão maus, provavelmente nem têm direito a um nome.

Refiro-me aos queridas, lindas, fofas, bebés, bonecas, etc, etc, etc.
Mas o que é isto?

Acho que posso falar em nome de grande parte do sexo feminino.

Sabemos que não é por mal a que até podem estar a tentar ser queridos e atenciosos mas... não. A sério!
Agradecemos o gesto mas dispensamos.
Temos um nome e gostamos que nos tratem... pelo nosso nome. Pode parecer inacreditável mas é verdade!!!

Há alguns que escapam. O miúda e o gaja. Mas só e só com pessoas com que temos alguma confiança. E o miúda, nunca, mas nunca poderá ser dito num tom paternalista (não era esta a palavra que queria usar mas a outra não me sai).

Por último, gaja boa!
Exemplos: "Olá, gaja boa!", "Beijos, gaja boa!"
(Já alguma vez aqui disse que beijinhos e beijocas e jinhos e jocas e xxx (não confundir com XXX) é para meninos?).

Bem, voltado ao assunto do post....
O "gaja boa" poder ser perigoso.
Se vocês o usam numa mulher que não se acha boa, podem estar a entrar no campo da ofensa. E porquê? Porque ela pode pensar que estão a mentir e que a acham burra o suficiente para acreditar no que estão a dizer.

Resumindo: Simplifiquem a coisa e tratem-nos pelo nome!

(Às senhoras que não concordam com o meu ponto de vista: Desculpem lá qualquer coisinha.)


ADENDA: Na caixa de comentários podem dizer que outros nomes não gostam que vos chamem, que eu depois faço um update aqui do post.

16 comentários:

  1. Acho que podes mesmo falar em nome de grande parte do sexo feminino ;)

    ResponderEliminar
  2. O problema é saber o nome delas...
    Sempre disse que deveriam ter o nome tatuado no fundo das costas LOL

    ResponderEliminar
  3. Oh bebé... tens toda a razão, não há pachorra para tanta piroseira, linda!

    Cá para mim eles têm é medo de se enganar no nome e então vai tudo corrido a "nomezinhos" como esses, percebes miúda?

    bjinhos gaja boa!

    ResponderEliminar
  4. Caty:
    Fico mais descansada! ;)

    Marquês:
    Este foi um comentário mesmo à zezé camarinha ahahahah

    Ana:
    Piroseiras e foleirices são o adjectivo correcto.
    E só para que saibas, esse foi um comentário muito irritante!!!
    Fofinha, gostava muito de passear contigo de mão dada! LOL

    ResponderEliminar
  5. LOLOL realmente há aí um monte de nomes que não gosto que me chamem, mas olha que o boneca tira-me do sério, lol

    Beijo (é que beijinhos tu não gostas, lolol)

    ResponderEliminar
  6. Oh bonequinha, não gostas que te tratem assim? É tão fofinho!!!

    "Beijo" é muito melhor ;)

    ResponderEliminar
  7. LOL

    Oh gata, não goza com o fofo, tá?

    ResponderEliminar
  8. Com o OUTRO fofo, eu gozava muito, gozava! ahahahahahah

    ResponderEliminar
  9. Ohoh!
    Àquele até lhe dava o direito de me chamar os nomes todos! hehehe

    ResponderEliminar
  10. Abriria-lhe, sem dúvida alguma, uma excepção! :D

    ResponderEliminar
  11. Nunca gostei de alcunhas fofas nem de diminutivos. É piroso.

    ResponderEliminar
  12. O "linda" ainda escapa, agora o bebé, o boneca, o querida, o ... argh... fofa... ou pior, fofinha.... menos, muito menos! e o "jocas" ou "beijoca boa" - nãoooooo!!!! sejam homens pá... daqueles à antiga... daqueles que escarravam no chão e coçavam os tomates em público (não é pela parte de os coçarem, mas pela parte de que, obviamente, os tinham... e agora... cadê? eu acho que isto é das hormonas dos frangos.... mas isto sou só eu a tentar desenvolver uma teoria acerca da perda de masculinidade dos homens nos últimos anos)

    ResponderEliminar
  13. Eu não tenho nada contra os nomes meigos e carinhosos, se houver um relacionamento único e especial entre os dois. Penso que seja altamente impessoal e frio, duas pessoas que se amam tratarem-se exclusivamente pelo seu nome...os nomes meigos são também uma forma de demonstrar amor e afecto, penso eu. Eu sou assim. E não me considero menos másculo por isso.

    Opiniões...

    ResponderEliminar
  14. Gata. E fofinha. E coisa boa. God, coisa boa tira-me do sério mesmo. E depois sou obrigada a ser bruta, claro está.

    Um beijinho querida :P

    ResponderEliminar